Jogos Olímpicos Rio 2016 Jogos Paralímpicos Rio 2016

Guia da Cadeia de Suprimentos Sustentável


Os Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016™ terão como sua marca principal a transformação sustentável através do poder do esporte, trazendo mudanças permanentes para nossa cidade e benefícios que se espalharão por todo o país.

O compromisso com a sustentabilidade em todo o ciclo de gestão dos Jogos – do planejamento ao pós-evento – está no DNA da proposta do Rio para o maior evento esportivo do planeta. Essa atitude se alinha com a noção de que a busca por um planeta mais sustentável é uma das dimensões do Movimento Olímpico Internacional e também com o papel de liderança do Brasil na criação de novos paradigmas de desenvolvimento.

Seguindo esse princípio, a área de Suprimentos do Rio 2016™ busca integrar a sustentabilidade às suas práticas diárias de negócios. O objetivo é garantir que os produtos e serviços contratados pelo Comitê estejam alinhados com nossos compromissos.

A sustentabilidade será considerada em todos os processos decisórios de contratação, ao lado de aspectos como custo, qualidade, prazo e riscos. Fernando Cotrim, diretor de Suprimentos do Rio 2016™, afirma que os Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016™ vão estabelecer um novo patamar em relação às práticas sustentáveis, principalmente na gestão de grandes eventos. “Precisamos mudar a percepção de que produtos sustentáveis são obrigatoriamente mais caros, pois muitas vezes o preço do produto ou serviço pode ser maior, mas as reduções de custos e desperdícios na cadeia de valor podem representar redução no custo total.”

Os pilares de sustentabilidade dos Jogos guiam todos os requerimentos da área de Suprimentos do Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016™. São eles Planeta, indicando nosso compromisso ambiental global, através da promoção de ações locais; Pessoas, que reforça a necessidade de ganhos sociais para toda a população com o evento; e Prosperidade, frisando os requisitos de boa administração e transparência, com contribuição para o crescimento econômico em todos os níveis.

O Guia da Cadeia de Suprimentos Sustentável dos Jogos mostra como esses pilares se entrelaçam com nossos requerimentos e é a leitura básica de todos os interessados em entender os processos de contratação de bens e serviços do Rio 2016™.

No Guia, são listadas, inclusive, as certificações que o Rio 2016™ considera diferenciais competitivos nos processos de avaliação, como a ISO 20121 – Sustentabilidade na Gestão de Eventos, que foi elaborada em conjunto pela ISO e por órgãos de 34 países, inclusive a ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas) e utilizada pela primeira vez em Londres, durante os Jogos Olímpicos.

Leia o Guia, venha para o nosso time e ajude a realizar a transformação sustentável que os Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016™ irão promover.

O Guia da Cadeia de Suprimentos Sustentável é complementado por guias para os fornecedores sobre critérios e requerimentos específicos. Até o momento, foram publicados o Guia de Embalagens e o Guia sobre Substâncias e Materiais Nocivos. Outros guias para fornecedores serão publicados nos próximos meses.

Documento para download: